Um litro da substância gordurosa contamina, em média, 25 000 litros de água; conheça a Ecóleo!

Nem todo mundo sabe o estrago que causa ao meio ambiente despejar o óleo de cozinha no ralo ou misturá-lo ao lixo comum, hábito ainda muito frequente na cidade. O líquido entope os canos de residências e a tubulação do sistema público, além de poluir o solo e os rios — 1 litro da substância gordurosa contamina em média 25 000 litros de água.

Sem saber como dar fim a esse problema dentro da própria casa, a advogada Célia Marcondes resolveu informar-se sobre o assunto e partir em busca de soluções. Descobriu que o resíduo é de interesse comercial de indústrias e travou, em 2007, uma parceria com uma companhia de coleta especializada. A Sabesp apoiou a empreitada.Teve início, então, uma campanha de porta em porta na região de Cerqueira César para incentivar o descarte correto.

Continue:
http://vejasp.abril.com.br/materia/ong-reciclagem-oleo-de-cozinha-usado?utm_source=compartilhar