Bolinhos de aipim com camarão, coxinhas de frango e croquetes são petiscos que fazem a fama de bares tradicionais do Leblon e, agora, comprovadamente fritos em óleos que não poluem o meio ambiente. Jobi, Bracarense e Chico e Alaíde, três emblemas do bairro, receberam neste domingo o certificado de que fazem parte do Programa de Reaproveitamento de Óleo Vegetal (Prove) – um projeto da Secretaria estadual do Ambiente.O óleo de cozinha usado nesses estabelecimentos não vai parar nos ralos, mas sim em cooperativas de catadores de material reciclável que recolhem o produto num caminhão tanque. O material é filtrado e comercializado para empresas que o reutilizam. Segundo a secretaria do Ambiente, dependendo da acidez do óleo, ele é reaproveitado para a produção de biodiesel ou de sabão pastoso.

O programa já coleta 350 mil litros de óleo mensalmente, por meio de 50 cooperativas em hotéis, restaurantes e bares. As plaquinhas foram entregues neste domingo aos bares pela secretária do Ambiente, Marilene Ramos, ao lado do deputado estadual e ex-ministro do Meio Ambiente Carlos Minc e do presidente do Instituto estadual do Ambiente (Inea), Luiz Firmino.

Só aqui no Bracarense, eles usam 60 litros por semana. Esse óleo nos ralos, além de poluir rios, baías e oceanos, interfere no equilíbrio dos ecossistemas e aumenta os custos de manutenção do esgoto – explica a secretária Marilene Ramos.

Fonte: G1 | 23 de maio de 2010