O óleo de cozinha, frequentemente utilizado em frituras, será objeto de ação beneficente em Jaú. O Rotary Club de Jaú em parceria com a empresa FA-SIL e apoio do FUSS lançaram no dia 23 de Fevereiro, na Câmara Municipal, a campanha“Não chore o óleo derramado”.

O óleo poluente que chega aos rios prejudica a oxigenação para os peixes. Cada litro de óleo contamina 100 mil litros de água.

Além disso, o óleo de cozinha é o maior vilão da rede de esgoto. O entupimento de canos causado pelo derramamento de óleo no ralo causa o entupimento das tubulações, além dos custos de manutenção aumenta em até 45% os custos de tratamento da água.

Com esta campanha, o Rotary privilegia o meio-ambiente diminuindo os efeitos do óleo de cozinha na poluição dos rios e melhoria da rede de esgoto.

O produto deve ser entregue nos postos de coleta, em vários pontos da cidade, incluindo escolas, supermercados, condomínios, etc. Os recursos desta doação serão destinados à entidade “Pró-Meninas Sociedade de Amparo” e a sustentabilidade da ação. A coleta será feita por uma equipe da empresa FA-SIL, credenciada para tal.

O óleo coletado será transformado em produtos para fabricação de luvas, massa campineira (massa de vidraceiro) e tintas. A banha será utilizada para ração e o resíduo terá como destino a fabricação de adubo orgânico para a agricultura.

O objetivo maior dessa campanha é criar e modificar hábitos da sociedade, com o comprometimento de 30.000 Jauenses, retirando, por semestre, 20 toneladas de óleo dos esgotos e mananciais, evitando a contaminação de 2,3 milhões de litros de água em nossa cidade e região.

Fonte: Fasil Coletora | 30 de março de 2010